Archive for maio \25\UTC 2010

O ácido nosso de cada inverno

25/05/2010

Sabe quando você era pequenininha e a sua mãe te ensinou que botar o dedo na tomada não é bacana, porque acarreta uma série problemas? Isso eu aprendi na marra, mas a minha mãe me ensinou uma coisa que hoje eu considero muito mais importante: que o Sol danifica profundamente a pele e que o protetor solar é meu melhor amigo.

Se você ainda não internalizou essa máxima (alô, Laura e Joana?), o inverno é o momento ideal para correr atrás do prejuízo. Como a incidência de raios UVA e UVB está bem menor nessa época do ano, essa é a temporada para se dedicar aos tratamentos com ácidos e outras formas de peeling para amenizar os estragos do verão.

Foto tirada com filtro ultravioleta, que revela todos os estragos causados pelo Sol

Eu nem vou começar com o discurso sobre envelhecimento precoce, manchas e câncer de pele porque todo mundo já decorou essa parte, né? Então, se por acaso te apareceram aquelas machinhas castanhas pelo rosto, ou tem uma linhazinha de expressão a mais na sua testa, procure rápido um bom dermato e joga um ácido em cima delas. Agora é a hora! Esses são os tipos mais utilizados atualmente:

Retinóico

Promove a esfoliação e estimula a produção de colágeno, substância que é responsável pela firmeza da pele. Ele também reorganiza as fibras elásticas danificadas pela exposição solar e melhora a irrigação sangüínea da pele (resultado: pele mais luminosa). Esse tratamento pode ser feito no rosto, pescoço, colo e mãos, em concentrações diferentes.

Glicólico

Devido ao seu excelente poder de penetração na pele, ele tem várias aplicações dermatológicas e é utilizado para melhorar a aparência e a textura da pele. Pode reduzir rugas, cicatrizes de acne, hiperpigmentação e melhorar outras várias condições da derme. É o alfa-hidroxi ácido mais amado do mercado.

Mandélico

De efeito muito semelhante ao do retinóico, ele é menos fotossensibilizante, ou seja, se você mora na terra do eterno verão, tipo cidades do Nordeste, ele é o mais indicado. O tratamento é mais demorado porque ele tem que ser aplicado e retirado no consultório do dermatologista.

Adapaleno

Derivado do ácido naftóico, ele também tem propriedades semelhantes às do retinóico, mas se mostrou mais eficaz contra as cicatrizes de acne. Ele também age como antiinflamatório e ajuda a controlar a bactéria que causa acne e as malditas espinhas.

Ácido kojico e hidroquinona

São despigmentantes, ou seja, eles agem retirando a melanina da pele e despigmentando áreas afetadas por manchas grandes.

Não importa o tipo de ácido ou tratamento que você escolher, é sempre muito importante ter em mente que todos eles são irritantes e fotossensíveis, ou seja, alguma vermelhidão e ardor são normais. O bloqueador solar é absolutamente obrigatório enquanto estiver utilizando qualquer tipo de ácido.

Beijos!

Anúncios

É de macho!

24/05/2010

Meias!

Sabemos que existe uma variedade imensa de meias, sejam variações no quesito fibras, cores, cortes, padronagens, etc. Daí, já sabemos por que os homens têm tanta dificuldade em escolher as meias que combinam com o que está vestindo.

E não venha me falar que as meias não são questões triviais em seu olhar. Na verdade, a coordenação inadequada de meias pode estragar rapidamente o seu look não importa quão grande o resto de sua imagem visual. Ahhh nem me pergunte sobre regras, pois não existe, o que posso te passar são dicas para não errar, mas hoje vou abordar apenas as coloridas!

Utilize dando um twist à sua enternada formal. Lembre-se que ela deve aparecer levemente e sempre conversando com suas peças. Não se esqueça, ao colocar um pingo de cor ao seu vestuário, “vista a camisa” e go ahead… Não se deixe levar pelos comentários, pois eles certamente virão, pois infelizmente, ainda não vemos essa diversidade no Brasil. Dito isto, ouse!

Slim fit!

Peço que tome apenas cuidado com o resto do look, pois se quiser destacar o pé, que seja apenas o pé. Afinal, estamos longe do mês de dezembro e você não vai querer parecer uma Árvore de Natal. Tenha bom senso!

Vai ser difícil achá-las aqui no Brasil, então, ao encontrar, compre todas!

Abraços!

T. Lourenço

Lançamento!

19/05/2010

Se você também sofre com o cabelo ralinho e sem volume, característica que tende a piorar no inverno, vai se apaixonar pelo lançamento da Redken. Eu experimentei o tester da loja e vou voltar pra comprar asap!

O Body Full Carbo-Bodifier é um leave-in que dá volume e hidrata, fugindo da regra dos principais sprays de volume, que é deixar o cabelo durinho, durinho. Fica lindo e macio. Custa uns R$ 80,00.

Beijos!

Sobrancelhas

19/05/2010

Eu sou uma grande admiradora de sobrancelhas. Acho que um arco bem feito, condizente com a sua estrutura facial, limpo e arrumado muda o rosto e dá um ar imediato de elegância e cuidado.

O problema é quando eu vejo aquela sobrancelha detonada. Ou que nunca viu uma pinça, ou toda falhada, com cara de “fiz em casa”. Nossa, me dá uma vontade louca de ir lá e consertar. Quer ver como elas são importantíssimas? Olha a foto abaixo e me diz se você ainda acha essas moças maravilhosas:

É, né… Se você ainda não achava que já era hora de dar mais atenção a essa parte do seu rosto, lembra da Ugly Betty!

Eu totalmente não recomendo fazer mudanças radicais em casa. Por dois motivos: é difícil ter uma noção exata de proporção e tamanho quando você se olha no espelho. É uma questão de óptica. E o segundo, sobrancelha demora horrores pra crescer, então, qualquer errinho vai ficar estampado no seu rosto por uns 3 meses.

O primeiro passo é procurar uma boa designer de sobrancelhas. Ela vai te indicar o melhor desenho, aquele que combina melhor com o formato do seu rosto e dos seus olhos, e que se adapta à estrutura dos seus pêlos. Peça para que ela te ensine qual é o produto mais indicado para preencher as falhas e se você precisa de algum fixador para manter os pelinhos no lugar. Um rímel transparente sempre vai bem para quem tem pêlos grossos ou excesso.

O arco perfeito respeita algumas regras de proporção:

O início da sobrancelha começa em um linha vertical que parte da lateral do seu nariz (ponto A). O arqueamento, ou seja, o ponto mais alto do arco, fica em uma linha diagonal traçada entre a lateral do seu nariz e o canto externo da sua pupila (ponto B). Ela deve terminar em uma linha também diagonal que parte do mesmo ponto do nariz e cruza o canto externo do olho (ponto C). Olha na prática:

Você pode usar esse diagrama sempre que for limpar a sobrancelha em casa, porque a manutenção é tão importante quanto se dar ao trabalho de ir ao salão. Depois te limpar os pelinhos que nascem fora do arco desenhado, você pode aparar os fios longos com ajuda de uma tesourinha de banheiro ou de uma tesoura específica para sobrancelha (ela é meio tortinha). É só pentear os pêlos para cima com ajuda de uma escovinha e cortar aqueles que ficam mais longos do que o traçado superior.

Tesoura para sobrancelhas

Sobrancelhas desenhadas e aparadas, é hora de cobrir as falhas. Você pode fazer isso com lápis, sombras ou produtos específicos para isso (já falei sobre isso nesse post). O importante é ter em mente que não dá para mudar o traço da sobrancelha com maquiagem sem parecer um travesti ou sua tia de 87 anos. O make serve para cobrir as falhas e deixar o arco cheio e valorizado. É só ter bom senso e mão leve que não fica nada artificial. É preciso dar muita atenção à cor, porque fios da sobrancelha costumam ter um tom mais acinzentado.

Se você vai usar lápis, de preferência aos que foram desenvolvidos pra isso. Eles são mais leves e tem uma fixação melhor. Já a sombra é mais fácil, é só se certificar que ela não tem brilho nenhum (porque sobrancelha com glitter só em festa a fantasia). Independente do produto que você usar, eu sempre recomendo passar um pincel chanfrado por cima para tirar o excesso e ficar bem leve.

Dicas de produtinhos: Brow Shadow, da MAC (R$ 70); Solução para Sobrancelhas, do Boticário (R$ 36) e Natural Eyebrow Pencil, da Shiseido (R$ 112). 

Beijos!

O poder do trench coat!

18/05/2010

Entra ano, sai ano, as tendências mudam, voltam, e os ditames da moda ficam cada vez mais excêntricos, inacessíveis e pouco práticos. O que eu vi nesse inverno é uma coleção de peças que não fazem sentido no guarda roupa de uma pessoa que acorda cedo e volta tarde. Eu ainda sou uma daquelas pessoas que acredita que moda é para usar.

Por isso que eu acredito no eterno poder do trench coat. O clássico é um casaco de chuva, que protege do frio e da umidade, feito em couro, algodão ou gabardine, na altura dos joelhos, fechado por botões largos e amarrado na cintura. Foi desenvolvido durante a I Guerra Mundial, por Thomas Burberry (da marca homônima), para ser utilizado pelos soldados que amargavam nas trincheiras. 

Emma Watson com o clássico trench coat Burberry

Para mim, ele é sinônimo de elegância. De Ingrid Bergman (Casablanca, lembra?) e Audrey Hepburn à Victoria Beckham, ele combina com virtualmente todas as ocasiões e todos os formatos. Quer um exemplo? Um trench de cetim, vermelho sangue vira um belíssimo casaco de noite. O clássico de gabardine vai para o escritório, happy hour, shopping, faculdade… Pra onde você quiser!

A chave para usar bem um trench coat é a regra básica da proporção. Se você é baixa, como eu, ele precisa estar acima dos joelhos, para não esmagar a silhueta. Se você está acima do peso, opte pela linha de abotoadura simples, ao invés da dupla. Uma calça skinny por baixo de um trench bem marcado na cintura salva qualquer caso perdido.

O trench na rua

Ele fica lindo com jeans e camisa, com roupa social-escritório e com vestidos, como a Charlize Theron na primeira imagem. A velha regra de que o casaco tem que ter a mesma altura do vestido tá passada. É igual combinar a bolsa com o sapato, se você é da velha guarda e acha essencial, vai com fé, mas se você, como eu, não tem paciência, não importa.

A versão modernosa e meio rock’n roll do trench é a variação mais curtinha dele, que ajuda tanto a silhueta quanto o clássico. Ele também é versátil, mas um pouco mais limitado que o irmão mais velho, porque o longo remete imediatamente a uma idéia mais elegante.   

Jaqueta trench, existe isso?

O importante dele, e de todas as peças de roupa na verdade, é que ele deve ser ajustado ao seu corpo. Mangas tem que ser feitas, barra corrigida e todos os botões precisam fechar confortavelmente, porque o charme dele está em usá-lo fechadinho e amarradinho. (Eu insisto no ponto de que a numeração é só uma referência, nenhuma roupa fica perfeita sem ajustes básicos).

E que venha o inverno!

Beijos!

Tommy Hilfiger especial para meninos

14/05/2010

A Tommy Hilfiger está lançando uma linha de camisetas pólo em comemoração à Copa do Mundo. São oito camisetas que representarão oito país participantes:

Brasil (óbvio – verde limão), Inglaterra (chumbo), Japão (branca), Itália (verde escuro), França (azul royal), Espanha (vermelho), Argentina (azul claro) e Estados Unidos (azul marinho). Eu não entendi bem o método para seleção dos países, mas as camisetas estão mesmo muito bonitas e as cores são lindas (depois eu posto mais fotos).

Pólo do Brasil

As camisetas estão disponíveis nas lojas a partir desse mês, no modelo slim fit (aquela mais ajustadinha), e custam R$ 270,00.

***Momento protesto*** As camisetas são só masculinas. E para nós, meninas que adoram futebol e não estão se cabendo em si de ansiedade para a Copa do Mundo? Hein, hein?

Vai lá: Localizador de endereços da Tommy Hilfiger

Beijos!

Pra levar na mala!

13/05/2010

Não é segredo que maquiagem se compra no exterior, né? As taxas aplicadas para venda de produtos importados no Brasil é abusiva e chega a aumentar em 50% o valor de um produto. Apesar de nem sempre ser possível fazermos um estoque das coisas que amamos, o ideal é sempre procurar comprar tudo o que você precisa e quer em uma viagem para os Estados Unidos ou Europa.

Se você já está de malas prontas para um desses destinos, em primeiro lugar, parabéns!! Te desejo uma ótima viagem e prometo que só vou sentir aquela invejinha boa! Se você está precisando de umas dicas para otimizar os seus gastos e não torrar em produtos para os quais você vai olhar depois e pensar “@#%*&%, por que eu gastei tanto dinheiro nisso??”, lá vão algumas sugestões:

Curvex Shu Uemura. Ele faz mesmo toda a diferença na hora de dar aquela curvada nos seus cílios, você não vai se arrepender dessa compra e nunca mais vai querer trocar. Mas tem que correr, porque eles vão fechar todas as lojas em junho.

Água termal. A gente encontra aqui e nem assim tão caro, mas lá é um terço do preço e esse é, sem dúvida, um investimento que vale cada centímetro ocupado na mala.

Nail Hardner Extra Strong, da Herôme. É uma base-tratamento para fortalecer as unhas. Foi a única coisa que deu jeito nas minhas unhas fraquinhas de tudo. Nem remédio manipulado da minha dermatologista consertou. O problema é que, quando ele acaba, a unha volta a ficar fraca.

Corretivos Touche Éclat e Clé de Peau. Valem o investimento porque são super tecnológicos e escondem manchinhas, olheiras e imperfeições sem te deixar com cara de mascarada. 

Corretivo Touche Eclait

Pincéis. Esse é um item básico na minha lista de viagem sempre porque, muito infelizmente, não existem pincéis realmente top de marcas nacionais. E vamos combinar que pagar R$ 250,00 em UM pincel, é demais até pra mim… Procure a linha da Sephora, que é excelente MESMO ou vá direto na MAC, onde a satisfação é garantida!

Body Shop. Para mim, parada básica. Como minha pele é super oleosa, eu faço estoques eternos da linha de Tea Tree Oil. O esfoliante de menta para os pés é imperdível!

– Alucinações das marcas bacanas que a gente não encontra aqui. Se você vai para um país onde a oferta de maquiagem é grande, como França, Estados Unidos, Japão, vale a pena perder uma tarde em uma grande loja, como a Sephora, e ir testando os produtos das ótimas marcas que a gente não encontra por aqui, como Nars, Stila, Urban Decay, Benefit, Make Up For Ever, enfim, uma infinidade mesmo de coisas legais a serem descobertas.

Acho que o essencial quando você vai viajar e está mesmo decidida a montar seu estoque de make, é pesquisar. Visite os blogs especializados, os sites das marcas que você gosta, leia revistas e vá montando a sua listinha de acordo com o que VOCÊ quer e precisa. Vale lembrar que não tem lista nesse mundo que seja 100% adequada à você, por isso a importância de pesar as suas necessidades (e orçamento, né? A parte que eu sempre esqueço…).

Importante é já ir procurando os endereços e deixá-los separadinhos, para você não perder minutos preciosos das suas férias caçando as lojas pelo mundo afora!

Beijos (e boa viagem, Flá – a inspiradora desse post!)

Etapa II – Cuidando dos seus cílios

13/05/2010

O melhor jeito de limpar os cílios, mesmo quando você resolveu colocar aquele rímel power que não sai nem depois de assistir Titanic ou a Oprah num dia inspirado, é caprichar no demaquilante. Coloca um pouquinho no algodão e pressiona (levemente) sobre os cílios durante alguns segundos. Depois, é só fazer alguns movimentos suaves e lavar com seu sabonete facial de costume. Esfregaço não leva a nada, a palavra aqui é “suave”.

Eu sou meio infiel para demaquilantes, gosto de ir testando vários e ainda não achei um que me faça parar tudo. No momento, eu to usando o da L’oréal Expertise, o Limpeza Express, e estou gostando bastante. Não é caro e você encontra em qualquer farmácia. Recomendo muito o da Neutrogena e o da Clinique, mas o preferido entre maquiadores e turma da maquiagem é o Créaline H2O, da Bioderma, mas só da pra achar nos Estados Unidos e na Europa. Vou tentar encontrar algum site que venda pra cá.

***UPDATE*** Esse demaquilante da L’oréal (aprovadíssimo pela minha pessoa) está custando R$ 36,00, em boas farmácias.

Outra boa dia é o shampoo de bebê da Johnsons’, o Chega de Lágrimas. Ele tira todo o restinho de rímel e deixa os cílios bem limpos. Mas não recomendo usar todos os dias, só depois de maquiagem de festa ou uma vez por semana para dar aquela limpada caprichada, porque ele resseca um pouco a pele ao redor dos olhos (e não adianta ficar com os cílios lindos e a pele toda enrugada).

Beijos!

Lançamento para ficar de olho!

13/05/2010

Os produtos para tratamento dos cílios estão com tudo fora do Brasil. O Latisse (que só chega aqui em 2011) foi o primeiro e liderou o caminho para que outras grandes empresas investissem no tratamento, e não só na maquiagem, desse partezinha que faz toda a diferença no nosso rosto.

O fato é que cílios são mesmo complicados. Apesar de parecerem cabelos normais, os fios são muito mais frágeis e os folículos capilares, mais sensíveis. Isso significa que são fios que demoram muito para crescer e que caem ou quebram com muita facilidade. Dormir de maquiagem não é só um veneno para a pele, mas extremamente prejudicial para a saúde das suas pestanas.

A Lancôme lançou o Hypnôse Precious Cells, um rímel que promete deixar os seus cílios maravilhosos por muito mais do que um dia. Ele tem ativos em sua fórmula que prometem deixar os cílios mais fortes e volumosos, de verdade. Por enquanto só está à venda na Europa, mas eu aviso assim que tiver notícias do produto por aqui. Na Sephora está custando 26,70 euros.

Está na minha listinha de compras para as férias e eu dou o relatório assim que tiver testado! Enquanto nem ele nem o Latisse chegam por aqui, vai cuidando direitinho dos seus cílios, removendo a maquiagem com cuidado e aplicando o curvex sem violência.

Se alguém já tiver encontrado o produto, me conta tudo!

Beijos

A arte de colorir

12/05/2010

Meu cabelo já foi de todas as cores possíveis, inclusive de algumas que eu não me orgulho, tipo um roxo adolescente rebelde. Apesar de nem guardar fotos dessa época, minha epopéia com todos os tipos de tintura e tratamentos químicos me deu algum know how para mudar a cor do cabelo.

A primeira coisa a se considerar ao programar uma mudança colorística é que cores que não existem na natureza dificilmente vão ficar bem no seu cabelo. Eu conheço só duas pessoas que ficam bem em tons absolutamente artificiais, mas somente porque a personalidade delas comporta.

Escolhida a cor, o segundo passo é proteger o seu cabelo dos efeitos colaterais da química. Apesar de deixar os fios com um brilho maravilhoso, ela também pode danificá-lo permanentemente. Primeiro, fuja loucamente da tentação de fazer em casa. Raramente dá certo, o resultado costuma ser o oposto do que você planejava e os efeitos, irreversíveis.

Encontrar um bom profissional é o primeiro passo para uma tintura perfeita. Ele vai te indicar os melhores produtos e te convencer a desistir daquele loiro branco Leona. Decidido o eleito, existe um segredinho para potencializar o resultado da coloração: hidratar o cabelo antes e depois de pintar. Esse procedimento vai garantir que as escamas dos fios continuem fechadinhas e seladas, sem deixar o fio poroso e ressecado. Então, aplica uma máscara em casa um dia antes de tingir e faça uma hidratação no próprio salão logo após o procedimento.

Daí é preciso internalizar o conceito de que uma vez colorido, com química para sempre será. É preciso adaptar os produtos e a rotina para não acabar com uma vassoura de piaçava na cabeça. Tem que hidratar semanalmente e usar shampoo e condicionador para cabelos tingidos. Forever. Além disso, um bom finalizador para manter as pontinhas hidratadas faz milagre!

Qualquer marca tem uma linha voltada só para cabelos com química, então, você consegue encontrar de todos os preços, tamanhos e cheiros. Pessoalmente, eu indico a linha nova da Seda com um precinho mais amigo e a John Frieda se você quer investir. Para tratar, Kerastase é imbatível. A linha Bain Chroma Riche é fenomenal, mas custa caro…

Beijos!